Musei Vaticani, Stairs

Olá Blooming Worlders,
Hoje, finalmente irei acabar a nossa história sobre a viagem à Roma. A cidade tem muito que ver e fazer e nós tínhamos, literalmente apenas um dia para ver tudo. Tal como referi nos meus últimos posts, chegamos à Roma já um pouco tarde para andar a passear e desfrutar das paisagens (a não ser tudo o que se encontrava na área).

Levantámo-nos da cama cedo e apesar da Elizabetta (proprietário do B&B) ter deixado alguns bolinhos e café, optámos por tomar o pequeno almoço algures por perto e começar a nossa corrida contra o relógio pelo Museu do Vaticano.

Dica de viagem nº1: Por favor, comprar os bilhetes online antecipadamente no website oficial. Ao fazê-lo, irão poupar o precioso tempo, paciência e dinheiro. Francamente, esperar mais de 3 horas numa fila? Irão desesperar e eventualmente cair na cilada dos aldrabões dos chamados “guias locais” e comprar bilhetes que, na realidade, custam 16 euros, por 60-70€. (E acreditem em mim, há imensos guias desses em Roma!)

Rome, Italy

Exploramos o museu em três horas. Uma coisa garanto: o Museu é enorme e estupidamente bonito! Se, por a caso, estiverem em Roma, não hesitem em visitar.

Quando saímos do museu já era hora de almoço. O bom lado de Roma é que existem imensos restaurantes, cafés e lojas de geladospara todos os gostos. A parte mais difícil é mesmo escolher onde comer. Entramos no Il Cappuccino Ripassato – um espaço para comer pasta e pizza, seguidos de um gelado.

Próxima paragem:  Castel Sant’ Angelo, Praça Navona, Panteão, Fontana di Trevi e, por fim Coliseu.

Roma, Italy

Cansados de andar tanto, no entanto satisfeitos de tudo o que vimos, fotografamos e desfrutámos durante o dia, voltamos para o nosso quarto. Decidimos ir procurar um lugar para jantar. Vimos o restaurante Amalfi no mapa e não poderíamos ter feito a melhor escolha. Simplesmente, apaixonámo-nos pelas pizzas feitas no forno de lenha. E este, certamente, será o nosso restaurante de eleição quando voltarmos a viajar para Roma.

Dica de viagem nº2: Levar o protector solar se pensam passear à pé em Roma. Caso contrário ficam com cara de lagosta e bronzeado a camionista.

Dica de viagem nº3: Beber muita água. Mas não aconselho comprar água em máquinas de venda, barraquinhas de rua ou cafés. Os preços são super inflacionados. Contudo, não deitem fora as garrafinhas, mas sim reutilizem-nas. Utilizem água das Nasone – as torneiras públicas espalhadas por toda a cidade.

Portanto, esta foi a nossa vertiginosa viagem à Roma. Espero que tenham gostado.
Que aventuras é que vocês tiveram? Deixem os vossos comentários, terei todo o gosto em lê-los.

Não se esqueçam do passatempo a decorrer no blog até ao dia 2 de Julho! Para participar, clique aqui.

Lots of Love,
Blooming Blonde

Etiquetas:, ,